segunda-feira, 27 de julho de 2015

Olhos do Bem - Compondo sem a vogal "A"



 















Vendo o mundo com os olhos do bem
Determino que do meu interior
Expulsem-se todo sentimento que
Provoque desejos oponentes
Com meu correto e bom proceder.

Viver nesse mundo frio,
Insensível, cruel e competidor,
Requer esmero, porém sem requintes.
O zelo por si contribui que se evite
Conviver com o perigo que nos
Cinge, mesmo sendo difícil...

Viver escondido temendo
O terror e o desrespeito
Dos elementos nocivos
Que vivem em conjunto
Em prol do ódio coletivo,
E sentir-se preso
Sem ter cometido nenhum erro.

dinapoeisadapaz

3 comentários:

  1. Uma bela composição e reflexão e um olhar interior para mudar a si e ao mundo em redor

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela interpretação, é isso mesmo amiga, quem dera poder curar as mazelas dos maus. Mas Deus está no comando.
    Grata pela leitura.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. É preciso ousadia para olhar o mundo e tomar posturas que objetivem o bem da coletividade.
    Beijos querida

    ResponderExcluir