quinta-feira, 16 de julho de 2015

Inerte- Compondo sem a vogal "A"





















Em silencio profundo,
Estes  versos  escrevi
E digo que neste mundo
Cruel, muito sofri.

Este meu tempo doloroso
Sem  pertencer ao meu querer
Vivi no fundo do poço
Inerte, sem o gosto de viver.

dinapoetisadapaz

3 comentários:

  1. Magia pura o teu lindo poetar minha amiga. Arrasando sempre
    Beijos e beijos

    ResponderExcluir
  2. Grata pela apreciação, amiga Gracita.

    Tenha um abençoado dia.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Mais um poetar lindo de viver sem a vogal "A".
    Bjs Diná.

    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir