segunda-feira, 29 de junho de 2015

Participação da poetisa Carmem Lúcia- Sem a vogal "A"

"Voejo entre nuvens"

Respiro e sinto,
O frenesi do vento.
Um voo entre nuvens,
No limite do céu.

Inclino meu corpo.
Em leve sopro,
Voejo com vestes,
Cobrindo-me em véus.

E meio desnudo,
Meu colo recubro,
Com versos líricos,

             Vindo dos céus

Carmen Lúcia- http://mamymilu.blogspot.com.br

21 comentários:

  1. O "A", nem fez falta, ao lindo poema...parabéns!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em nome da Carmem agradeço a leitura e apreciação, Lucia. Tens razão , ficou belo este poetar.
      Bjs!

      Excluir
  2. Lindíssima participação da doce amiga Carmen,adorei o poema!! Muitos beijinhos,tudo de bom!! Até breve!!

    ResponderExcluir
  3. Obriga Diná,ficou lindo.
    Bjs amiga e um ótimo dia.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  4. Oi amiga,eu quis dizer:Obrigada Diná.
    Já está lá no meu blog.
    Bjs
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  5. Oi Diná fui ao Recanto das Letras e adorei,pena que não posso comentar,pois não sou cadastrada.
    Parabéns e sucesso para você.
    Bjs.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  6. Obrigada por sua atenção,Carmem.
    Tenha uma boa noite.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Querida amiga Diná
    Vim aqui com a intenção de agradecer a sua visita ao meu blog, assim como as sua palavras tão gentis...e deparo-me com um poema da minha Especial Amiga Carmen Lúcia!!!
    Este poema é lindíssimo, e tem a qualidade a que a autora já nos habituou; beleza e elegância são características muito suas.
    Gostei muito deste espaço. Vou colocá-lo na sidebar do meu blog, e virei sempre que possível.

    Um beijo
    MIGUEL / ÉS A MINHA DEUSA

    ResponderExcluir
  8. Lindo poema, amei!
    Parabéns Carmem pelo poema, você arrasou!
    Beijos!
    islary34.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Diná querida,
    Carmem, assim como você, escreve lindamente.
    Parabéns, Carmem!!

    Gostaria de te convidar para participar a História Doçura lá nos "Bichinhos"
    Vamos adorar te receber por lá.
    Deixo um forte abraço e beijinhos para ambas de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  10. Olá, querida amiga Diná!

    Fazer um poema, mesmo que pouco extenso, sem a vogal "a", não é nada fácil, mas ficou lindo e perfeito, voejando em nossos olhares.
    Parabéns à autora!

    Beijos, querida!

    ResponderExcluir
  11. Oi, Diná!
    Que maravilha que ficou esse poema! Eu acho que não conseguiria, pois tenho uma preferência intuitiva pela letra "a".
    Bom fim de semana, amiga!Bjsss

    ResponderExcluir
  12. Olá, Diná.
    Bom tudo.
    Amei, o poema da Carmem. Soberano.
    vim ler, e fiquei por aqui seguindo-te.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  13. Agradecida estou com sua visita, Miguel! Sempre um prazer receber novos amigos. Obrigada por seguir meu blog .

    Bjss!

    ResponderExcluir
  14. Carissimo poeta José Maria, bom te ver por aqui seguindo lendo meus rabiscos, Obrigada por seguir meu humilde blog..

    Bjs no core!

    ResponderExcluir
  15. Vanusa, pessoa maravilhosa, sua visita encheu meu coração de alegria.Não é tão difícil assim amiga. Tentando consegue, no início a gente se atrapalha, depois acerta. Grata pelo carinho.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  16. Céu, grata pela visita e leitura. Que bom que gostaste, fico feliz!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  17. Oi Diná,
    Carmem faz lindas poesias
    Obrigada pelo carinho
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi Diná boa noite! Vim agradecer sua visita e o belo comentário que deixou. Já sigo o seu maravilhoso cantinho e voltarei mais vezes, seja sempre bem vinda! Se gostou , ficarei feliz com a sua participação. Uma maravilhosa noite e um amanhecer de paz. Bjuss

    ResponderExcluir
  19. adorei conhecer seu blog, e ja estou seguindo se quiser conhecer o meu ficaria muito feliz http://ornague.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Querida amiga

    Um poema bem escrito
    é como um por do sol
    em nossas vidas.
    Nunca deixamos de lembrá-lo
    por sua infinita beleza...

    Sua vida é preciosa para mim...

    ResponderExcluir

Decanatos Póeticos

Estilo Experimental criado pela poetisa Norma Aparecida Silveira A Paz no Carnaval Da grande amiga um convite recebo, Pa...